• Eali

Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA’s)

Vocês sabem o que são DTA’s e como elas ocorrem?

As DTA’s são doenças transmitidas por alimentos e são causadas por agentes microbianos como fungos e bactérias. Esses agentes penetram no organismos humano através da ingestão de água ou de alimentos contaminados.

São diversos os motivos pelos quais as DTA’s podem vir a ocorrer, alguns fatores estão apresentados na figura 1.



Figura 1 - Fatores predisponentes para os surtos ocasionados por alimentos.


Você sabe quais os sinais e sintomas de um surto alimentar?

Muitas vezes os casos de DTA’s são de difícil identificação, pois são semelhantes aos sintomas de gripe, e podem ocorrer leves desinterias intestinal e vômitos.

Alimentos de origem animal são os mais frequentementes associados aos surtos, isso ocorre pois os microorganismos presentes nos animais podem ser encontrados no alimento cru após o abate, e podem ser transmitidos por outros alimentos. Outro fator a ser considerado é o de que esses alimentos representam excelentes meios para o crescimento bacteriano, devido à variedade de nutrientes, à alta atividade de água, à baixa acidez (pH entre 5,5 e 7,0) e, muitas vezes, serem estocados sem refrigeração.


Figura 2:Principais sinais e sintomas casado pro DTA's

Você conhece as duas principais categorias de doenças microbianas alimentares?

A Intoxicação alimentar é causada pela ingestão de alimentos que contém toxinas microbianas pré-formadas, onde estas toxinas são produzidas durante a intensa proliferação de microorganismos patogênicos no alimento.

Já a Infecção Alimentar é causada pela ingestão de alimentos que apresentam células viáveis de microrganismos patogénicos, que se aderem à mucosa do intestino e proliferam-se. Em seguida, pode ocorrer a invasão de mucosa e penetração no tecido ou a produção de toxinas que alteram o funcionamento das células gastrintestinal.


E como prevenir as DTA’s?

Pode-se tomar alguns cuidados básicos, abaixo listamos os principais:

- Cozinhar muito bem os alimentos: A maior parte das bactérias e toxinas são destruídas a 60 ºC por 15 minutos ou mais;

- Lavar muito bem as mãos antes do manuseio dos alimentos, e os utensílios utilizados para a confecção dos alimentos;

- Usar diferentes utensílios para carnes, peixes e legumes para evitar a contaminação cruzada;

- Evitar colher de pau e tábuas de madeiras ou plástico. Manipular o mínimo possível os alimentos;

- Separar os alimentos crus dos cozidos;

- Separar muito bem os alimentos de origem vegetal dos de origem anima;

- Nunca descongelar um alimentos a temperatura ambiente;

- Vegetais e frutas devem ser lavados muito bem com água corrente;


Está com dúvida se o seu estabelecimento está dentro das normas?

É imprescindível a atenção que deve-se ter na área da segurança alimentar. Os melhoramentos nos métodos de processamento dos alimentos e a conscientização em relação a segurança alimentar de todos os envolvidos da produção do alimento, sem dúvida teria um grande impacto na redução de incidência das doenças alimentares (DTAs).

Diversas práticas consideradas inadequadas ocorrem durante o processamento, concedendo as contaminações, de forma a permitir a sobrevivência e multiplicação de microrganismos patogênicos nos alimentos. A implementação de programas de Boas Práticas de Fabricação (BPF) é capaz de promover a segurança alimentar dos consumidores, de forma eficaz e eficiente controlando as DTA’s.

Assim, a consultoria de alimentos têm como intuito auxiliar os estabelecimentos, verificando se os mesmos atendem às leis necessárias e se for preciso uma criação de um mapa de BPF, para que não ocorra DTA’s.


Ficou a fim de saber mais? A Eali pode te ajudar!

Prestamos consultoria em engenharia de alimentos com apoio de professores e laboratórios da UFRGS

Saiba como podemos te ajudar:

Não sabe exatamente do que precisa? 

A Eali é uma empresa júnior de consultoria em engenharia de alimentos da UFRGS.

Copyright 2018 © EALI. Todos os direitos reservados.

A Empresa

Av. Bento Gonçalves, 9500
90540-000 Porto Alegre, Rio Grande do Sul

(54) 996 201 148

(51) 999 029 862