• Eali

Plástico Verde

Você já deve ter percebido que algumas sacolas oferecidas pelos estabelecimentos ultimamente são verdes e, ainda, alguns produtos nos supermercados possuem o selo “I’m Green”. Essas sacolas e produtos são feitos com plástico verde. Mas o que isso significa?


O plástico verde surgiu como uma alternativa ao plástico comum, isso porque os plásticos são convencionalmente produzidos a partir de matérias-primas fósseis, como petróleo ou gás natural, que não são renováveis. Dessa forma, o plástico verde foi criado para diminuir os impactos causados pela indústria petroquímica na produção e comercialização do plástico convencional.

O também chamado polietileno verde é feito de matéria-prima renovável e é produzido a partir do álcool etílico, obtido da cana-de-açúcar, que possui as características necessárias para a produção do polietileno (PE). Assim, o plástico verde tem as mesmas características do plástico convencional, tanto na aplicação como na reciclagem. Acrescenta-se ainda que o plástico verde pode contribuir para a redução do aquecimento global, tendo em vista que as plantações de cana-de-açúcar realizam fotossíntese, ou seja, há a captura e fixação de CO2 na matéria-prima e consequentemente no produto final.

O plástico verde foi criado em 2010 pela Braskem, empresa brasileira de resinas termoplásticas. E o selo “I’m Green” foi registrado por essa empresa a fim de certificar os produtos feitos com esse material.

As principais vantagens do plástico verde são: matéria-prima (cana-de açúcar) renovável; é considerado 100% reciclável; não contribui para o acréscimo de gás carbônico (CO2) na atmosfera (que é o principal causador do aquecimento global e é produzido pelos combustíveis fósseis) e ainda tem as mesmas propriedades técnicas do plástico convencional.

Entretanto, o polietileno verde não é biodegradável, ou seja, não é degradado por microrganismos, como fungos e bactérias. Além disso, a produção de cana-de-açúcar para esse fim implica em aumento da área de plantio. Dessa maneira, apesar de o plástico verde ser uma alternativa ao longo do processo de desenvolvimento sustentável, é importante considerar esses entraves.

Nesse contexto, verifica-se que o plástico verde é uma mudança tecnológica importante no cenário atual em que se deve considerar o consumo sustentável, apesar dele apresentar algumas desvantagens.


Deseja embalagens mais sustentáveis para seus produtos? Contate um de nossos consultores para saber mais sobre nosso serviço de pesquisa de embalagens aqui!




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Prestamos consultoria em engenharia de alimentos com apoio de professores e laboratórios da UFRGS

Saiba como podemos te ajudar:

Não sabe exatamente do que precisa?